7 mitos e verdades sobre o ar-condicionado quente

7 mitos e verdades sobre o ar-condicionado quente

O ar-condicionado com função quente, chamada também de ciclo reverso, é um benefício a mais para o conforto da sua casa ou empresa e traz a vantagem de poder ser usado tanto no verão quanto no inverno.

Algumas pessoas têm dúvidas a respeito dessa função e alguns mitos já foram construídos a respeito do ar-condicionado quente. Selecionamos alguns mitos e verdades para você saber mais sobre essa função e os benefícios dela. Confira:

1. Gasta mais energia mesmo sem usar a função quente

MITO: a instalação correta de um equipamento com o dimensionamento adequado para o ambiente não gastará energia a mais, mesmo na função quente. O equipamento também não gera mais gasto energético por conter essa função. Um aparelho de ar-condicionado gastará mais energia a medida que “ trabalhar ” mais para atingir a temperatura selecionada. Então, se o clima estiver extremamente frio, ele vai trabalhar mais para esquentá-lo, mas isso também ocorre ao contrário – quando o clima é quente e o ar-condicionado precisa resfriar o local. Portanto, não podemos colocar a culpar da conta de luz mais alta na função quente.

2. É mais difícil e caro para instalar

MITO: o valor da instalação de um equipamento com ciclo reverso não deve ser mais alto do que aquele que possui apenas a função Frio. O trabalho do técnico será o mesmo, com exceção da inclusão de dois fios a mais que não gera custos maiores ao instalador.

3. Ar-condicionado quente dispensa o uso de aquecedores elétricos

VERDADE: você não precisa comprar um aquecedor elétrico se possui ciclo reverso no ar-condicionado. Ele vai aquecer o ambiente da mesma forma – muitas vezes até mais – que o aquecedor elétrico.

4. Por ter duas funções, uma será menos eficiente

MITO: essa afirmação não faz sentido, a função Quente não torna a função Frio menos potente e vice-versa.

5. São muito mais caros que os que possuem somente a função Frio

MITO: a diferença de preço varia de equipamento para equipamento, mas em geral o valor a mais é bem pequeno, ainda mais se pensarmos nos benefícios do ar-condicionado quente. Em muitos casos o preço se equipara e pode até ser mais baixo. Então, por que não aproveitar e adquirir um ar-condicionado com uma função a mais?

6. É mais fácil encontrar assistências técnicas disponíveis fora do verão

VERDADE: em épocas mais frias a compra de ar-condicionado diminui e, consequentemente, cai a demanda das assistências técnicas. Essa é uma boa hora para instalar o seu equipamento e aproveitar as promoções do período. No verão é comum o consumidor agendar a instalação tempo depois da compra por conta da alta procura pelos instaladores.

7. O ar-condicionado quente exige mais manutenção

MITO: a manutenção exigida pelo ar-condicionado com função Quente é a mesma do equipamento que possui apenas função Frio. A limpeza do filtro deve ser feita pelo menos a cada dois meses e a manutenção preventiva, feita pelo técnico, anualmente. Dependendo do local em que o aparelho for instalado esse tempo pode variar – regiões litorâneas exigem manutenção mais frequente. Mesmo assim, não há valor adicional na manutenção só porque o equipamento tem função Quente.

Fonte aqui

contato

  • (43) 3336.5493
  • contato@arcolon.com.br
  • Rua, Amor Perfeito, 75 , Interlagos — 86035-270 — Londrina / PR